Categorias
Notícias

Carnaval: Homens vestidos de mulher jogam futebol em Paraisópolis

No último feriado de carnaval calções, camisas, meiões e chuteiras foram trocados por vestidos, minissaias, sandálias meia calças e tops. As roupas não eram as mesmas, mas o esporte era o tradicional futebol praticado por dois grupos na comunidade de Paraisópolis, Mukiranas do Palmeirinha e Amigos do Grotão.

Espaço do Povo 30

Captura de Tela 2014-03-26 às 18.42.06No último feriado de carnaval calções, camisas, meiões e chuteiras foram trocados por vestidos, minissaias, sandálias meia calças e tops. As roupas não eram as mesmas, mas o esporte era o tradicional futebol praticado por dois grupos na comunidade de Paraisópolis, Mukiranas do Palmeirinha e Amigos do Grotão.

O Jogo das Mukiranas, realizado no Campo do Palmeirinha acontece há pelo menos 25 anos e este ano reuniu cerca de 50 homens. “ Este ano fizemos diferente. Antes do jogo caminhamos pela comunidade por duas horas vestidos de mulher”, afirmou Bruno Melo, vice-presidente da Associação Palmeirinha.

Captura de Tela 2014-03-26 às 18.42.15Um outro time que também participa de atividades como esta é o “amigos do Grotão”. A brincadeira, que iniciou em 2006, reuniu 15 homens vestidos de mulher com direito a maquiagem e bijuterias para brincar no último carnaval, após quatro anos sem jogar devido a morte de Alessandro de Jesus (O Alê), um dos organizadores do evento, em um acidente de moto.

Segundo Edson Ferreira Lima, o grupo que se reúne para jogar futebol não tem nome “Os times não têm nome. Os amigos do Grotão se juntavam no carnaval para brincar e fazer o que a galera mais gosta, jogar futebol”, afirma.

Realizado antigamente no campo do Rachadão, este ano o jogo aconteceu na quadra localizada próximo aos novos condomínios.

Por Joildo Santos

Editor do Jornal Espaço do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.