Categorias
Destaque Notícias Saúde

Vaga de Assistente Social no CAPS III Adulto em Paraisópolis

 A Sociedade Beneficente Israelita Albert Einstein está com processo seletivo aberto para vaga de Assistente Social no CAPS III em Paraisópolis.

Atribuições

Dentre as atribuições do profissional estão:

– Realizar atendimento social individual e em grupo aos beneficiários atendidos pela área, executa ações sócio-educativas e identifica as necessidades de intervenção social na comunidade, apoiando o responsável da área social na elaboração, monitoramento e avaliação dos projetos.

Os interessados devem acessar http://www.vagas.com.br/vagas/v1509499/assistente-social-pl-caps-adulto-paraisopolis, saber os requisitos e atribuições e inscrever-se no processo seletivo. O processo ocorre até dia 04 de Junho de 2017.

Categorias
Notícias

Paraisópolis mostra talento de seus moradores em 7a. Semana Cultural

Evento terá oficinas de culinária, desfile de moda, exposição de arte e inúmeras outras atrações
A comunidade de Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, será palco de uma série de atividades entre os dias 12 e 17 de setembro, quando se realiza a Sétima Semana Cultural. A programação inclui exposições de arte, oficinas de culinária e desfile de moda, dentre inúmeras outras atividades. O evento é promovido pela União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis (UMCP) e tem por objetivo divulgar os projetos em andamento na comunidade, além de sensibilizar a população sobre a importância da cultura.

Caravana do Jornalismo Comunique-se ficará disponível à comunidade do dia 12 a 17 de Setembro no CEU Paraisópolis
A programação da Semana terá início na segunda-feira (12) com a exposição fotográfica do projeto Olhares dentro do Centro Educacional Unificado (CEU) Paraisópolis. Do lado de fora do CEU, a carreta personalizada da Caravana do Jornalismo, projeto cultural do Grupo Comunique-se, mostrará aos visitantes conteúdos multimídia, que inclui bancada de telejornal, capas históricas de veículos impressos, objetos utilizados no exercício da profissão e uma relação das palavras características da prática jornalística. No dia seguinte haverá recreação com crianças da comunidade e exibição de filmes com jovens na sede da UMCP.

Tio Lee fará oficina de culinária
Na quarta-feira (14), a passarela irá para a rua com a realização do desfile Maloka Fashion, às 16h. O evento é organizado pelo projeto Periferia Inventando Moda, do estilista Alex Santos. No dia seguinte, acontece o Dia da Culinária com a realização de uma oficina para crianças, às 10h, na sede da UMCP, e uma oficina para as alunas do projeto Mãos de Maria com o ex participante do reality show MasterChef Brasil Lee Fu Kuang, na sede da Associação das Mulheres de Paraisópolis.
Na sexta-feira, dia 16, haverá solenidade em comemoração ao Dia de Paraisópolis e aos 33 anos de fundação da UMCP. A cerimônia acontece a partir das 10 horas, na sede da associação, e contará com apresentações do Ballet Paraisópolis e da Orquestra Filarmônica de Paraisópolis. No mesmo dia, a partir das 11h, haverá o lançamento do projeto Viela das Artes, onde ocorrerão diversas manifestações – dentre elas, a exposição das peças do artista plástico Berbela, que fizeram parte da abertura da novela I Love Paraisópolis, exibida pela Rede Globo no ano passado.
O calendário da sétima edição da Semana de Paraisópolis contempla também o roteiro “Paraisópolis das Artes”, que promove a visitação dos pontos turísticos da comunidade, com o objetivo de destacar os artistas locais.
Dentro da maratona de atividades, há ainda espaço para a XI Mostra Cultural de Paraisópolis, que será no sábado (17/09). Com apresentações cênicas e exposições de trabalhos artísticos e educativos desenvolvidos por alunos e artistas da comunidade, a mostra será realizada no CEU Paraisópolis, das 9 às 17 horas. Este ano, sob o tema “Nos caminhos de Paraisópolis tem…”, os trabalhos destacarão a percepção do morador sobre diferentes visões daquilo que é percebido dentro da segunda maior comunidade de São Paulo, desde problemática sonoras e resíduos, como questões relacionadas a mobilidade urbana. A Mostra Cultural de Paraisópolis também visa promover um intercâmbio entre projetos, escolas e instituições presentes dentro da comunidade.
A Sétima Semana Cultural de Paraisópolis é organizada pela União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis (UMCP), com o apoio do Instituto Escola do Povo, da Associação das Mulheres de Paraisópolis (AMP), do projeto Olhares, dos grupo Periferia Inventando Moda e Carreta Comunique-se. A Semana tem o patrocínio do Banco Bradesco.
Sobre a UMCP
Fundada em 1983, a União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis (UMCP) atua na defesa dos interesses da comunidade e na promoção de iniciativas voltadas à melhora das condições de vida das pessoas que residem no local. Por meio de programas de alfabetização, qualificação profissional, inclusão digital, projetos culturais, de esporte e lazer, acesso a emprego, saúde e habitação, a entidade trabalha diretamente na promoção de oportunidades para o desenvolvimento sócio- econômico de jovens e adultos.
Confira a programação
Exposição Olhares
Exposição de fotografias realizadas pelos alunos do projeto Olhares.
Data: De 12/09 a 17/09
Local: CEU Paraisópolis
Endereço: Rua José Augusto de Souza e Silva s/n
Horário: das 09h às 17h
Caravana do Jornalismo
A carreta Comunique-se estará no CEU Paraisópolis com exposição itinerante sobre jornalismo.
Data: De 12/09 a 17/09
Local: CEU Paraisópolis
Endereço: Rua José Augusto de Souza e Silva s/n
Horário: das 09h às 17h
Exposição Fotográfica
Exposição de fotografias realizadas pelos alunos do projeto Olhares.
Data: 12/09
Local: Centro Comercial e Cultural
Endereço: Rua Manoel Antônio Pinto
Horário: 19h
Recreação Lúdica com crianças
Data: 13/09
Local: Quadra do Escadão
Endereço: Rua José Augusto de Souza e Silva
Horário: 13h30
Cine Pipoca
Exibição de filmes e bate papo
Data: 13/09
Local: União dos Moradores
Endereço: Rua Ernest Renan, 1366Horário: 15h30
Desfile Maloka Fashion
Data: 14/09
Local: Rua Ernest Renan, 1366
Horário: 16h
Oficina Crianças também cozinham
Mônica Faria vai ensinar as crianças como como preparar pretzels
Data: 15/09
Local: União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis
Endereço: Rua Ernest Renan, 1366
Horário: 10h
Oficina de culinária com o ex participante do MasterChef Brasil tio Lee
Data: 15/09
Local: Associação das Mulheres de Paraisópolis (AMP)
Endereço: Rua Silveira Sampaio, 309
Horário: 14h
Exposição Projeto Escola de Música
Data: 16/09
Local: União dos Moradores de Paraisópolis
Endereço: Rua Ernest Renan, 1366
Horário: 09h
Celebração do Dia de Paraisópolis
Incluído no calendário oficial da cidade de São Paulo, na data também é celebrado o aniversário da associação de moradores de Paraisópolis. A festa irá contar com apresentações da Orquestra e do Ballet Paraisópolis.
Data: 16/09
Local: União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis
Endereço: Rua Ernest Renan, 1366
Horário: a partir das 9h
Lançamento do projeto Viela das Artes
Data: 16/09
Local: Viela Francisco Clemente
Endereço: Rua Herbert Spencer
Horário: 11h
Mostra Cultural de Paraisópolis
Data: 17/09
Local: CEU Paraisópolis
Endereço: Rua José Augusto Souza e Silva
Horário: das 09h às 17h
Categorias
Notícias

Desabamento na região do Grotinho / Praça é Nossa, deixa 3 feridos em Paraisópolis, bombeiros continuam realizando buscas por possíveis vitimas.

Categorias
Notícias Urbanização

Famílias na região do córrego do Antonico continuam correndo risco

Categorias
Notícias Urbanização

Moradores de Paraisópolis e bairros vizinhos mobilizam-se para preservação de área verde

Publicado originalmente no site do Jornal Espaço do PovoParaisópolis

Comunidade não tem equipamento público voltado ao lazer (Foto: Francisca Rodrigues)
Comunidade não tem equipamento público voltado ao lazer (Foto: Francisca Rodrigues)

São Paulo precisa de mais verde. Paraisópolis carece de um equipamento público voltado ao lazer e acessível às pessoas, proporcionando, assim, maior qualidade de vida a jovens, crianças e idosos. A construção de um parque público, que pode ser conquistado ampliando-se um terreno já considerado de preservação ambiental, é a solução para os esses anseios da comunidade de Paraisópolis e seu entorno.

Uma grande área verde, de vegetação rica e um dos últimos pontos de Mata Atlântica na cidade, com nascente, córrego e um eucaliptal, com topografia acidentada, e solo frágil para suportar grandes obras. Junto a esse berço verde, há um terreno privado, com 27.000 m², sem construções, com árvores esparsas e topografia plana. “Integrar esse terreno à área já considerada de preservação ambiental e a outro braço dessa área, com mais 5.000 m², de forma que esse todo torne-se um parque para a comunidade é o nosso objetivo”, destaca Isabel Fay Affonso, arquiteta e uma das coordenadoras da Associação dos Amigos do Jardim Vitória Régia.

Gilberto Natalini, Isabel Affonso e Gilson Rodrigues no programa Linha Direta, na Rádio Claro Nova Paraisópolis (Foto: Francisca Rodrigues)

Moradores de diferentes condomínios, de Paraisópolis e outras entidades estão unidos na defesa da constituição do Parque de Paraisópolis. O desejo é antigo. Em 2004, as comunidades vizinhas ao terreno (Parque Panamby, Jardim Vitória Régia, Paraisópolis e proprietários de áreas particulares) acordaram com a Prefeitura de São Paulo a implantação de uma avenida, hoje já construída, a Avenida Hebe Camargo. Em respeito ao acordo, parte da área particular foi destinada à Prefeitura para construção de habitações de interesse social, enquanto outra parte, do outro lado da avenida em questão, seria para a ampliação do Parque de Paraisópolis. A causa tem conquistado apoiadores. Entre eles o vereador Gilberto Natalini (PV), presidente da Frente Parlamentar pela Sustentabilidade.

Cada vez com maior evidência na mídia, Paraisópolis é a segunda maior comunidade de São Paulo, somando cerca de 100 mil habitantes. Segundo Gilson Rodrigues, presidente da União de Moradores e do Comércio da comunidade, o local vive um novo momento, que inspirou a criação do projeto Nova Paraisópolis, que quer transformar a favela em bairro.”A criação de um parque público, que disponibilize alternativas de lazer, esporte e integração social naquela área vem reforçar a reivindicação atual de tornar Paraisópolis um bairro, com todos os recursos e equipamentos que um bairro precisa e merece”, afirma Gilson.

Um espaço democrático

O ponto-chave da proposta de ter na região um parque é combinar preservação ambiental com função social. Ao consolidar toda a área – parte já preservada, mais uma área privada de 27.000m² e sem construções, mais terreno de 5.000m² já doado para a construção do Centro Comunitário de Paraisópolis – em um parque aberto, a cidade ganha um espaço verde, para o lazer e o esporte.

Segundo urbanistas, essa é a única área do Morumbi hoje que permite a instalação de um equipamento público dessa natureza. “Ao se integrar toda essa área, que soma em torno de 95.000m², em uma ZEPAM (Zona Especial de Proteção Ambiental) que abrigue um parque, a cidade terá um espaço de uso adequado às duas zonas presentes no local, uma de uso estritamente residencial e outra de interesse social”, destaca Diana Teresa Di Giuseppe, arquiteta urbanista que concluiu recentemente um estudo sobre o terreno. “Além de criar um ambiente necessário ao lazer e democrático, a instalação de um parque é coerente com o processo de reurbanização proposto para Paraisópolis”, acrescenta Diana.

“Além da questão clara de preservação ambiental, um parque público é sempre bem-vindo em uma cidade cujas opções de áreas de lazer de qualidade estão concentradas em algumas regiões. Paraisópolis merece ter um local de lazer. Um bom parque, com recursos e de uso público, desperta nas pessoas um sentimento de preservar o que é seu; preservar o que eles usam e, portanto, querem manter em boas condições”, destaca André Graziano, arquiteto e paisagista.

Sérgio Saraiva Martins, assessor de urbanismo do gabinete do vereador Gilberto Natalini, também defende a ampliação da área ambiental existente e construção do Parque de Paraisópolis. “Trata-se de uma requalificação urbana, de caráter social, que passará a conferir uma finalidade social a um ambiente já preservado”, explica ele.

Mais verde para a cidade

São Paulo conta atualmente com 2,6m²/habitante de áreas verdes, enquanto a recomendação da OMS/ONU é de 12m²/habitante. Uma cidade onde o verde e o lazer está mal distribuído, um equipamento que possa conciliar as duas coisas é uma necessidade.

“Queremos um espaço que abrigue instrumentos sociais – creche, atividades esportivas e voltadas às diferentes faixas etárias, o Centro Comunitário de Paraisópolis e preserve a riqueza de flora e fauna existente”, enfatiza Isabel Affonso.

Reserva remanescente de Mata Atlântica, o local favorece a criação de trilhas para cooper e caminhadas, recreação para a terceira idade, com lago e vegetação exuberante.

O local tem rica fauna, com garças, sabiás-laranjeiras, gavião-de-cabeça-cinza, periquetos verdes, macuco, anu-branco e bem-te-vis, entre outros. A flora se expressa na presença de jequitibás, passuarés, jerivás, pau-jacarés, cafeeiro, pau-brasil e muitas outras.

Categorias
Cultura f Notícias

Bruna Marquezine divulga foto da novela que terá Paraisópolis como cenário

10903663_1517410475188069_850126327_n
Bruna Marquezine acaba de divulgar uma foto em seu Instagram sobre a sua próxima novela, “Lady Marizete”. A atriz já começou as gravações e mostra um altar com as palavras: “Eu amo Paraisópolis”.

A nova personagem de Bruna Marquezine vai morar na favela e será protagonista da novela das sete “Lady Marizete” (nome ainda não confirmado). Sabemos pouco da trama que substituirá Alto Astral, mas aparentemente, a atriz viverá uma jovem moradora do bairro Paraisópolis. Ela lutará pela sua comunidade principalmente contra as investidas da ambiciosa Soraya, vivida por Letícia Spiller. E para combater a malvada, será preciso muita reza! Por isso, eles até parecem ter improvisado um altar no Projac e foi ele o alvo da foto da atriz. “Nosso altar // I love (imagem de coração) Paraisópolis #VemMari”, escreveu a Bruna na legenda da imagem.

Categorias
Notícias

Comunidade de Paraisópolis será contemplada com composteiras domésticas, inscreva-se e participe

Untitled

O COMPOSTA SÃO PAULO em parceria com a União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis vai selecionar apenas 30 moradores de Paraisópolis para receber uma composteira doméstica e participar de oficinas de compostagem e plantio, além de fazer parte de uma comunidade online de troca de conhecimento e experiências (saiba mais em www.compostasaopaulo.eco.br).

A composteira é um sistema de caixas onde são colocadas os restos de alimentos produzidos pela residência, junto com materiais vegetais secos, para que, através do trabalho das minhocas, sejam transformados em adubo. Os participantes irão ajudar a gerar informações e aprendizados que serão utilizados para impulsionar e fomentar a elaboração de uma política pública que estimule a prática da compostagem doméstica na cidade de São Paulo.

Untitled2

Para participar da seleção das 30 famílias de Paraisópolis, que serão selecionadas, fazer sua inscrição via site, ATÉ DIA 27.07.14, em www.compostasaopaulo.eco.br , clique em Inscreva-se e opte pelo Centro de apoio do Projeto que você faz parte: Comunidade de Paraisópolis

Depois de sua inscrição feita aguardar contato, por e.mail, com informações dos próximos passos que serão enviados para os selecionados.

Categorias
Notícias

Nota de pesar pelo falecimento de Dna Maria Isabel de Sipos

DSC04434A União dos Moradores e Comércio de Paraisópolis, a Associação das Mulheres de Paraisópolis e o Instituto Escola do Povo lamentam a morte de Dna Maria Isabel de Sipos, nesta madrugada.

Dna Maria Isabel era Húngara e foi diretora do Projeto Ponte, além de uma militante das causas de Paraisópolis por décadas. Atuou com juventude e meio ambiente e também foi membro dos diversos conselhos da comunidade.

Autora do Hino do Migrante, conhecido como Hino de Paraisópolis, Maria Isabel deixa muitas saudades para a comunidade de Paraisópolis.

O Velório será no Cemitério São Paulo Até o meio dia desta quarta-feira 16 de Julho. Depois será cremado no Cemitério da Vila Alpina.

Descansou em Paz.

JPG-logoUniao_3 1 novo logo AMP 148435_451861744850465_136586866_n

Categorias
Notícias

Veja como foi a Chuva de Granizo em Paraisópolis (18Mai2014)

Categorias
Notícias

Avenida Hebe Camargo em Paraisópolis alagou neste sábado, mesmo antes de ser inaugurada oficialmente