Categorias
f Saúde

União dos Moradores conquista pintura para a UBS 1, mais uma vitória para nossa comunidade

Categorias
f Saúde

UBS 3 Paraisópolis elege seu conselho de saúde

População Moradora

Isaac Bezerra – 143 votos
Ana Patrícia – 13 votos
Floraci Santos -12 votos
Luana Andrade – 4 votos 

Marcos Antonio – 4 votos
Ana Paula – 3 votos
Maria Helena – 2 votos
Maria Antero – 1 voto

Funcionários

Claudia
Keite
Samia
Tatiana

Categorias
Eventos f Saúde

UBS III de Paraisópolis homenageou as mulheres com o evento ‘Quem Ama Se Cuida’

Publicado no site do Jornal Espaço do Povo

No dia Internacional da Mulher, as moradoras da comunidade assistiram palestras, desfile e apresentações musicais e de danças

Por Flaviane Fernandes

Ao som de MPB, a equipe da UBS III de Paraisópolis, realizou o evento Quem Ama se Cuida, em comeroração ao dia Internacional da Mulher, já do lado de fora era possível ouvir os acórdes vindos do violão, tocado pela médica ginecologista da unidade Janina Zmitrowicz, além de tocar, ela também cantou algumas canções como Você é Luz Raio Estrela e Luar, em homenagem ao cantor Wando que morreu no mês passado.

O balé do Barracão dos Sonhos lembrou a delicadeza, o equílibrio, a senssibilidade, a firmeza, a beleza e o rítimo, características presentes na alma feminina. Tudo era apenas o ensaio para falar de assuntos mais dramáticos ou sérios, porque a vida as vezes pede um pouco de reflexão. Foi abordado a importância da prevençaõ contra o cancer de mama que ainda mata tantas mulheres; a platéia foi esclarecida quanto aos métodos contraceptivos. Houve também uma brincadeira que consistia no simples fato de se olhar no espelho e refletir sobre a própria imagem.

Minutos depois foi a vez de algumas moradoras da comunidade desfilar na passarela, e aos poucos os nomes eram conhecidos, Geralda maria, Maria Luciana, neuza Lima, Izabél Diniz, Adélia Maria, Antônia Rodrigues, Maria da Glória, Jeane da Silva e Luciene dos Santos, iguais por serem mulheres, diferentes, por possuirem cada uma a sua história

Para encerrar, a ONG Vielas Culturais trouxe um pouco da literatura de cordel, a safona, as cantigas, e a dança se uniram para finalizar a homenagem a todas as mulheres de Paraisópolis que compareceram ao evento.

Categorias
Calendário f Notícias Saúde

UBS III promove “Quem ama, se cuida…” no Dia Internacional da Mulher


Categorias
Cidadania f Saúde

Resultado da Eleição do Conselho de Saúde da AMA Paraisópolis

Titulares
Eva Silva Cunha
José Manoel (Brizola)
Neuza Vicente
Waldemir Marcondes Luz

Suplentes
Antônia Maria
Francisco Ferreira
Luciano Barroso
Luiz Sisnane

Candidatos que não obtiveram votos suficientes para compor o conselho
José Carlos de Souza (Mineiro)
Maria do Socorro

Categorias
Destaque f Saúde

Eleição do Conselho Gestor da AMA Paraisópolis

INSCRIÇÃO DOS CANDIDATOS DE 01/02 a 15/02

Local: AMA Paraisópolis
Horário: de Segunda a sábado das 08h00 as 12h00 com Marisa

Trazer cópia do RG e comprovante de residência

DATA DA ELEIÇÃO: 29/02

Categorias
Cidadania f Notícias Saúde Urbanização Visitas

Paraisópolis ganha Complexo de Saúde


Do Site da Prefeitura de São Paulo

UBS, CAPS Adulto e AMA 24 horas beneficiarão 72 mil pessoas da região

O prefeito de São Paulo inaugurou na manhã deste sábado (17) o Complexo de Saúde Paraisópolis, na Zona Sul. A comunidade passa a contar com a terceira Unidade Básica de Saúde (UBS), o terceiro Centro de Apoio Psicossocial Adulto (CAPS) e Assistência Médica Ambulatorial (AMA) 24 horas. Os novos equipamentos beneficiarão 72 mil moradores da comunidade e do entorno.

“Estas três novas unidades de saúde vão melhorar de maneira significativa a qualidade de vida das pessoas que aqui moram. São dezenas de novos equipamentos entregues à comunidade ao longo dos últimos anos, como escolas, creches, CEUs, UBS, avenidas. Que possamos continuar fazendo mais pelas pessoas de Paraisópolis”, destacou o prefeito.

Localizado à Rua Silveira Sampaio, nº 160, o complexo oferecerá diversos tipos de acolhimento. A AMA 24 horas, por exemplo, terá capacidade para 18 mil atendimentos por mês, sem a necessidade de agendamento de consulta. A AMA presta atendimentos de média e baixa complexidade, com atendimento em pediatria e clínica médica, e encaminha para a UBS os casos que necessitem de acompanhamento, já com consulta agendada. Com essa nova unidade, o município passa a ter 117 AMAs.

Parte do complexo, a UBS Paraisópolis III, a 440ª unidade do município, possui cinco equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) formadas por médicos generalistas, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde, além de equipes de saúde bucal. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, com capacidade para realizar mensalmente 2 mil consultas médicas, mil consultas de enfermagem e 5 mil visitas domiciliares, feitas por agentes comunitários de saúde, além de 700 consultas odontológicas.

A região já conta com a UBS Paraisópolis I, que tem sete equipes de ESF completas, capazes de atender 7 mil famílias, e a UBS Paraisópolis II, que tem seis equipes de Saúde da Família e presta assistência direta a 6 mil famílias. Com isso, o território ficou 100% coberto, com 18 equipes de ESF. Além de oferecer consultas médicas e atendimento de enfermagem, as UBS realizam outros serviços, entre eles: vacinação, curativos, medição local, coleta de exames laboratoriais, entre outros. Oferecem ainda todos os serviços programáticos, como Remédio em casa, Automonitoramento Glicêmico e Mãe Paulistana.

CAPS III Adulto Paraisópolis
Desde o dia 29 de novembro, quem precisa de tratamento para casos de transtornos mentais severos e persistentes pode procurar o CAPS III Adulto Paraisópolis. Com capacidade para prestar 3 mil atendimentos por mês, o equipamento oferece tratamento psiquiátrico, psicólogo, fonoaudiólogo, terapia ocupacional e atividades comunitárias, que visam integrar o paciente ao convívio familiar e social. Os leitos do CAPS III funcionam 24 horas e possibilitam que pacientes passem a noite na unidade no caso de avaliada a necessidade pelos profissionais garantindo, assim, a efetividade do tratamento. O CAPS III Paraisópolis é o 70º em funcionamento – somando CAPS adultos, infantis e álcool e drogas – e a 28ª unidade adulta da capital.

Outros equipamentos
A região também conta com 28 UBS, quatro AMAs, uma AMA Especialidades, um CAPS Adulto, dois Centros de Convivência e Cooperativa (CECCO), um Serviço de Atendimento Especializado (SAE) DST/AIDS, um Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) DST/AIDS, um Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) e uma Supervisão de Vigilância em Saúde (SUVIS). O hospital Dr. Fernando Mauro Pires da Rocha (Campo Limpo) é referência para casos mais graves.

Durante a entrega do Complexo de Saúde Paraisópolis, o secretário de Saúde do município destacou os avanços da saúde em São Paulo. “Com esses serviços de saúde que entregamos hoje, atingimos a marca de 912 equipamentos da Secretaria Municipal de Saúde. São 367 novos equipamentos entregues na atual gestão, desde 2005. Isso mostra que a saúde é uma prioridade efetiva. Essas novas unidades certamente vão melhorar bastante a condição de saúde e de vida da população de Paraisópolis e do entorno”, finalizou.

Categorias
Calendário f Notícias Saúde

Inauguração da UBS III, AMA 24h e CAPs Paraisópolis neste sábado 17/12 as 11h00

Neste sábado ocorrerá a inauguração da UBS III, da AMA 24h e do CAPs Paraisópolis, a cerimônia ocorrerá as 11h e sairemos em caminhada da União dos Moradores as 10:30h

Contamos com a participação de todos na inauguração desses equipamentos tão importantes para Paraisópolis

Categorias
Cidadania Cultura Eventos f Notícias Saúde

Confraternização de fim de ano do Grupo Harmonia

Categorias
Destaque f Notícias Saúde

Médicos descumprem hora de trabalho em posto de saúde

Publicado pelo Jornal Agora SP

Em uma manhã de quarta-feira, 27 mulheres, a maioria delas grávidas, aguardavam a chegada de uma ginecologista no corredor apertado da UBS (Unidade Básica de Saúde) Paraisópolis (zona sul de São Paulo).

A médica chegou 1 hora e 43 minutos minutos atrasada e foi embora três horas depois, após atender as 27 pacientes. Cada consulta durou, em média, seis minutos.

A ginecologista foi contratada para um trabalho de 20 horas semanais na UBS Paraisópolis, mas, segundo a equipe do posto, ela vai ao local duas vezes por semana e fica quatro horas por dia.

Esse é apenas um de muitos casos de médicos da rede pública da Grande São Paulo que não cumprem horário.

Em duas semanas de reportagem, a reportagem flagrou 20 profissionais nessa situação. O número é maior, graças a acordos informais entre gestores de unidades de saúde e os médicos.

Eles ficam dispensados de cumprir o horário de trabalho, desde que atendam a uma meta de consultas.

Meta

Nos postos de saúde da Prefeitura de São Paulo, por exemplo, a reportagem apurou que a meta é de 80 pacientes por semana para cada um dos médicos.

A prefeitura nega a prática de acordos e afirma que vai apurar os casos apontados.

Como acumulam outros trabalhos, inclusive atendimento particular, os médicos acabam cumprindo a meta o mais rápido possível, o que leva à realização das consultas-relâmpago. A maioria dos médicos flagrados atende em UBSs e AMAs (Assistência Médica Ambulatorial) Especialidades.

Alguns médicos trabalham ainda em postos das prefeituras de Guarulhos, Diadema e Itapecerica da Serra e do governo do Estado.

Resposta

A Secretaria da Saúde disse que não compactua com redução da jornada de trabalho de funcionários e que os casos apontados serão apurados e, se comprovados, punidos com o rigor da lei.

O órgão disse que implementará, até o fim do ano, reconhecimento por impressão digital e fotográfico de profissionais e pacientes, o que permitirá acompanhamento maior da jornada.

O governo de São Paulo e a Prefeitura de Guarulhos disseram que vão apurar os fatos e que estão implementando pontos eletrônicos. Diadema afirmou que a profissional apontada pediu para reduzir sua jornada e a cumpre integralmente.

Itapecerica da Serra não se manifestou.