Categorias
Calendário Cultura f Urbanização

São Paulo Design Weekend: Paraisópolis apresenta protótipo de unidade habitacional sustentável

Empreendimento recebeu o Selo Casa Azul Ouro por apresentar soluções eficientes na construção, uso, ocupação e manutenção

Nesta semana o protótipo em escala real de uma Unidade Habitacional de Paraisópolis irá ocupar o jardim frontal de um casarão no Morumbi. Agraciado com o Selo Casa Azul Ouro, principal instrumento do programa de construção socioambiental da Caixa Econômica Federal, o projeto é exemplo de práticas eficientes e sustentáveis na habitação popular e faz parte da programação de exibições gratuítas da São Paulo Design Weekend, que acontece entre os dias 15 e 18 de agosto.

Reprodução de uma moradia implementada pelo Programa de Urbanização de Favelas de Paraisópolis – a segunda maior favela de São Paulo – o apartamento de 50m2 conta com economizadores de água e arejadores em todas as torneiras e chuveiros (o que diminuí os respingos e o desperdício), além da especificação de bacias sanitárias com dispositivo duplo de acionamento da descarga. Além disso, a unidade é totalmente adaptada para garantir acessibilidade a pessoas com dificuldades motoras e deficientes físicos.

“A aplicação de conceitos de sustentabilidade na habitação popular é uma grande conquista da comunidade de Paraisópolis dentro do Plano de Urbanização. Moradores e lideranças contribuiram ativamente para o desenvolvimento de um conjunto de ações que levassem em conta o cuidado com a preservação do meio ambiente e a economia de recursos tanto para a costrução quanto manutenção futura destas moradias por seus ocupantes”, comenta Gilson Rodrigues, presidente da União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis.

A construção do protótipo foi idealizada pela LCP Engenharia & Construções em parceria com o escritório Elito Arquitetos Associados, autor do projeto do condomínio vertical em Paraisópolis – integrante do Programa de Urbanização de Favelas da Secretaria Municipal de Habitação (Sehab). Também participam da iniciativa o escritório de análise de ciclo de vida dos materiais Quanta Stúdio Consultoria Ambiental e Green Design Consultoria Sustentável, responsável pela análise de atendimento aos critérios das certificações socioambientais.

O protótipo de Unidade Habitacional de Paraisópolis ficará aberto a visitação das 11 às 19 horas na Avenida dos Tajurás, 152 – Morumbi. O mesmo local será ainda palco de apresentações especiais da Orquestra Filarmônica de Paraisópolis e do Ballet Paraisópolis na sexta-feira (16), a partir das 10 horas.

Sobre o São Paulo Design Weekend

O DW! – Design Weekend é um grande festival composto por centenas de manifestações independentes, simultâneas, que promovem o design e suas conexões com a arte, arquitetura, urbanismo, decoração, inclusão social, agregação de valor, negócios e inovação tecnológica. Para saber mais, acesse www.designweekend.com.br .

Sobre a UMCP

Fundada em 1983, a União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis (UMCP) atua na defesa dos interesses da comunidade e na promoção de iniciativas voltadas à melhora das condições de vida das pessoas que residem no local. Por meio de programas de alfabetização, qualificação profissional, inclusão digital, projetos culturais, de esporte e lazer, acesso a emprego, saúde e habitação, a entidade trabalha diretamente na promoção de oportunidades para o desenvolvimento sócio- econômico de jovens e adultos.

Para saber mais, acesse www.paraisopolis.org.

SERVIÇO:
São Paulo Design Weekend – Protótipo de Unidade Habitacional de Paraisópolis
Onde: Avenida dos Tajurás, 152 – Morumbi (futuras instalações da Cynthron Automação de Ambientes)
Quando: de 15 a 18 de agosto/2013
Horário: das 11h às 19h
Entrada: Gratuita

Convite Design Weekend_rev_4

Categorias
f Notícias Urbanização

Categorias
Cidadania f Notícias Urbanização

Moradores de Paraisópolis terão acesso gratuito à internet

070513_wifi_interna_1367935095O projeto denominado “Praças Digitais”, anunciado em maio deste ano, prevê a instalação de 120 pontos de acesso à internet em praças, ruas, parques e terminais de ônibus distribuídos pelos 96 distritos da capital paulista.

De acordo com a Prefeitura, será possível conseguir sinal por meio de diversos dispositivos como tablets, notebooks, smartphones, netbooks e desktops. A expectativa é que em outubro os moradores já tenham acesso à internet banda larga, cuja velocidade mínima deve ser de 512 kbps para download e upload, o que garante o uso de aplicativos da Web, streaming, Voip e vídeo. A capacidade será de 24.200 usuários simultâneos com a mesma frequência de sinal em cada ponto.

Com o objetivo de trazer internet gratuita à comunidade de Paraisópolis, o Presidente da União dos Moradores e Comércio de Paraisópolis, Gilson Rodrigues, reuniu-se no último dia 17 de Julho, com o Secretário Municipal de Serviços, Simão Pedro, e sugeriu à Secretaria Municipal de Serviços que seja feita uma análise da região onde há maior viabilidade para a implantação de uma Praça Digital. Em Paraisópolis, o local que será definido para a instalação deve priorizar atender ao maior número de moradores possível.

Categorias
f Urbanização

Prefeito Fernando Haddad visita Paraisópolis e anuncia retomada das obras do Programa de Urbanização

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=_1XqQgMaQvs[/youtube]

Agência Paraisópolis
IMG_8912O Prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, visitou na manhã desta segunda-feira, 15, a comunidade de Paraisópolis para anunciar a retomada das obras do Programa de Urbanização, como o Viaduto da Perimetral, o Ecoponto, a Escola de Música, Centro comunitário, entre outras previstas no programa.

O Prefeito Haddad visitou as obras da Via Perimetral, onde ouviu algumas questões dos moradores da região, vistoriou o trajeto a ser percorrido pelo Monotrilho revelando que muito em breve as estações dessa linha entrarão em funcionamento. A novidade é que, segundo o prefeito, dentro de 90 dias as obras do Viaduto da Perimetral serão finalizadas.

O prefeito esteve ainda na sede da União dos Moradores, onde assistiu a apresentações da Orquestra Filarmônica de Paraisópolis, que atualmente funciona na ETEC Paraisópolis e é dirigido pelo Maestro Paulo Rydlewski e do Ballet Paraisópolis, coordenado por Mônica Tarragó. Em seguida, foi recebido em um café e mais tarde concedeu uma entrevista à Rádio Nova Paraisópolis.

Em entrevista à radio, o prefeito defendeu que com a inclusão das obras no PAC 2, não faltarão recursos para que todas elas sejam realizadas, e que além do Metrô, a saída de Paraisópolis será facilitada com alças de acesso via Parque Burle Marx e a conclusão da Perimetral até o Estádio do Morumbi.

IMG_9338Questionado sobre a construção do Hospital de Paraisópolis, e sendo informado do compromisso firmado pela Presidente Dilma Rousseff, pelo Presidente Lula e pela Ministra do Planejamento Miriam Belchior, Haddad afirmou que a Prefeitura contribuirá para a que esse compromisso seja cumprido. Ao término da entrevista, elogiou o trabalho realizado pela União, por sua conscientização, foco e organização.

A visita do prefeito contou com a presença do  Secretário de Coordenação das Subprefeituras, Chico Macena, Secretário adjunto de habitação, Marco Antônio Biasi, do Subprefeito de Campo Limpo, Sérgio Roberto, Conselheiros do Conselho Gestor de Urbanização de Paraisópolis, Instituições da área cultural, esportiva e educacional e moradores da nossa comunidade.

Veja as fotos no site do Jornal Espaço do Povo

Categorias
f Na Imprensa Urbanização

Ruas do bairro Morumbi não suportam excesso de veículos

Categorias
f Urbanização

Obras do Metrô que vai passar em Paraisópolis iniciam nova fase

O governador Geraldo Alckmin participa da instalação da 1° viga do monotrilho da Linha 17-Ouro.
Foto: Sergio Andrade/Governo SP

Do Portal do Governo do Estado com Redação Espaço do Povo.

Foi instalada primeira viga-guia de concreto no monotrilho da Linha 17-Ouro por onde correrão os trens
A construção da linha do Metrô que vai passar pelo Aeroporto de Congonhas e logo mais em Paraisópolis, na zona sul da capital, deu um importante passo neste sábado, 25. O Governo do Estado iniciou uma nova fase da obra do monotrilho da Linha 17-Ouro com a instalação da primeira viga-guia de concreto, uma espécie de trilho por onde passarão os trens, na avenida Jornalista Roberto Marinho, entre a rua Princesa Isabel e o viaduto Vereador José Diniz.

“Esta obra determina um novo modal na área de transporte. É um fato histórico, porque o Estado de São Paulo nunca teve um monotrilho”, afirmou o governador Geraldo Alckmin. “O monotrilho é feito de pneu, ou seja, não há barulho e não produz poluição por ser elétrico.”

A Linha 17-Ouro tem investimento de cerca de R$ 4,8 bilhões e vai ligar o Jabaquara, na zona sul, à futura estação São Paulo-Morumbi, da Linha 4-Amarela do Metrô, passando pelo Aeroporto de Congonhas. Além disso, terá interligação ainda com a Linha 1-Azul, com a Linha 5-Lilás, do Metrô, e com a Linha 9-Esmeralda da CPTM. A expectativa é que transporte mais de 417 mil passageiros por dia.

O governador Geraldo Alckmin participa da instalação da 1° viga do monotrilho da Linha 17-Ouro.
Foto: Sergio Andrade/Governo SP

“Na primeira fase, entregaremos oito estações. Os trens já estão sendo construídos e, neste ano, serão entregues 24 trens, cada um com três carros. Fazendo a soma final, são 72 carros zero quilômetro”, disse Alckmin. Estas primeiras oito estações serão Jardim Aeroporto, Congonhas, Brooklin Paulista, Vereador José Diniz, Campo Belo, Vila Cordeiro, Chucri Zaidan e Morumbi. O trecho possuirá 7,7 km de extensão e deve ser concluído no segundo semestre de 2014.

O trecho 2 , que vai ligar o Panamby à estação São Paulo-Morumbi, terá 6,4 km de extensão e cinco estações: Panamby, Paraisópolis, Américo Mourano, Estádio do Morumbi e São Paulo-Morumbi.

O último trecho, com 3,5 km de extensão, terá cinco estações: Jabaquara, Hospital Sabóia, Cidade Leonor, Vila Babilônia e Vila Paulista.

[nggallery id=45]

Categorias
Calendário Cidadania f Urbanização

Participe do Ato em Defesa da Moradia em Paraisópolis, nesta sexta-feira 24 de Maio as 17h00

3moradia-facebook

Amigos e Parceiros

Estivemos com o Prefeito Fernando Haddad, o Secretário de Habitação José Floriano e o Secretário Adjunto da Habitação Marco Antonio Biasi (duas vezes) para tratar do Programa de Urbanização da Nova Paraisópolis.

A situação é preocupante, pois as obras estão em sua maioria paralisadas ou não iniciadas. A única obra em andamento é o trecho de ligação da avenida perimetral. Segundo informe do Secretário Adjunto, a Secretaria de Habitação não tem dinheiro para executar o Projeto Paraisópolis. Existe, ainda, estudo preliminar para construção de Unidades habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida, prevista para outubro deste ano. As demais obras, o governo não tem previsão para iniciar ou reiniciar.

É importante citar, que obras importantes ainda não foram realizadas como a canalização do córrego do Antonico que tirará mais de 1000 pessoas da área de risco, a construção das 1400 unidades habitacionais (atualmente temos mais de 2000 mil famílias que recebem o aluguel social da PMSP), A construção da Escola de Música e consequentemente a eliminação da área de risco do Grotão, Os centros comunitários, as unidades educacionais (5 terrenos previstos para construção de escolas), a construção e abertura dos parques, a Central de Triagem e outras ações que farão de Paraisópolis um bairro de verdade.

Todas essas ações, neste momento estão comprometidas. Sem recursos para execução.

Realizamos assembléia da União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis no último sábado que aprovou a realização de um ato público para convocar toda a sociedade a nos ajudar a garantir a construção da Nova Paraisópolis com a retomada imediata das obras de Urbanização. Será neste sexta-feira às 17h00. A concentração será em frente a Escola Etelvina, Seguiremos pela Av. Giovanni Gronchi e finalizaremos na praça Moacyr Nicodemus.

Paralelo a isso, foi decidido e já encaminhado, pedido de nova audiência com o Prefeito Fernando Haddad, no sentido de construirmos uma solução para resolver o problema.

Mais uma vez, pedimos o apoio de todos, das instituições, moradores de Paraisópolis e Morumbi, empresários, políticos no sentido de avançarmos mais com o Programa Nova Paraisópolis e a transformação da nossa comunidade num bairro com toda infraestrutura necessárias para os moradores conseguirem crescer e se desenvolver e não só Paraisópolis mas toda nossa região.

Confiamos que com a nossa união, e o compromisso do novo prefeito com nosso bairro, conquistaremos a Nova Paraisópolis e a qualidade de vida a que temos direito.

Gilson Rodrigues, Presidente da União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis

542089_345427718849951_1242990876_n

Categorias
Calendário Cidadania f Urbanização

Assembléia da União dos Moradores de Paraisópolis em defesa do Direito à Moradia

179145_541481399244581_905345559_n
Hoje quem anda por Paraisópolis percebe que as obras de urbanização estão em sua maioria paralisadas. Isso é muito preocupante, uma vez que milhares de famílias de nossa comunidade estão no aluguel social, ainda sem uma definição quando serão atendidos em seu direito a moradia.

Além disso, todos queremos a finalização do Projeto Nova Paraisópolis, que além da construção dos prédios, prevê mais creches, escolas e equipamentos de saúde em nossa comunidade.

A justificativa para a paralisação das obras é que acabou o dinheiro da urbanização. Mas para este ano, foi aprovado um orçamento de 1,086 bi para a Secretaria de Habitação, justamente para dar conta das obras em Paraisópolis, e demais programas habitacionais na cidade.

No início do ano porém, esse recurso foi congelado e só sobrou 8% do valor original. Tendo em vista que a urbanização de Paraisópolis deve ser prioridade da Prefeitura de São Paulo, a União dos Moradores esteve com o secretário de Habitação, com o Secretário das Subprefeituras e com o próprio prefeito Fernando Haddad para sensibilizá-los disso.

Mas como até o momento não recebemos nenhuma resposta, e na prática os recursos da Prefeitura estão sendo realocados para novas prioridades, a União dos Moradores está convidando toda a nossa comunidade para um grande ato em defesa do direito a moradia para o povo de Paraisópolis. Confiantes de que com a nossa união, e o compromisso do novo prefeito com nosso bairro, conquistaremos a Nova Paraisópolis e a qualidade de vida a que temos direito.

542089_345427718849951_1242990876_n

Categorias
f Notícias Urbanização

União dos Moradores é recebida pelo prefeito Haddad e apresenta reivindicações da comunidade de Paraisópolis


Diretores da União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis, acompanhados por diretoras da Associação das Mulheres de Paraisópolis foram recebidos em audiência nesta terça-feira 08 de Abril pelo prefeito Fernando Haddad e os secretários Chico Macena e Antonio Donato.

Dentre as reivindicações apresentadas estão as seguintes:

  • Conclusão das obras previstas no Programa de Urbanização de Paraisópolis, e ampliação para outras necessidades que não estavam contempladas no projeto inicial
  • Indicação de terrenos para creches
  • Abertura do sistema de licenciamento de atividades, permitindo que os comércios locais se regularizem por meio de alvarás condicionados
  • Retomada dos investimentos na melhoria do CEU Paraisópolis

O prefeito se comprometeu a dar resposta as reivindicações apresentadas e “pegar para si” os projetos relacionados à Paraisópolis.

Haddad foi convidado a visitar a comunidade, ele agradeceu o convite e disse que traria respostas em breve.

Estiveram presentes na audiência Chico Macena, Secretário Municipal da Coordenação das Subprefeituras; Antonio Donato, Secretário do Governo Municipal; Gilson Rodrigues, Joildo Santos e Juliana Oliveira, Presidente, Vice-Presidente e Secretária-Geral da União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis, respectivamente; Rejane dos Santos, Presidente da Associação das Mulheres de Paraisópolis e Juliana Gonçalves, Diretora do Instituto Escola do Povo.

[nggallery id=42]

Categorias
Cidadania f Urbanização

Prefeitura inicia remoção de lixo e entulho em frente ao condomínio Paraisópolis E

Alvo de matérias na imprensa e denúncias dos moradores a entrada do condomínio Paraisópolis E estava praticamente obstruída.

IMG_5195
Antes

A União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis fez um pedido de remoção do entulho no dia 22 de Março.

No dia 08 e 09 de Abril a prefeitura iniciou remoção do lixo e entulho depositado na entrada do condomínio E.

Aguardasse agora a abertura da rua lateral e da rua que dará acesso à Rua Ernest Renan para que os moradores não só do condomínio, mas todos da comunidade possam ter mais vias de circulação, dando acesso à Av Hebe Camargo (Via Perimetral) e melhorando o trânsito na região.

IMG_6310
Limpeza começou dia 08 de Abril