Paraisópolis terá rádio comunitária

Das maiores favelas do País, Paraisópolis que nasceu na borda do bairro do Morumbi vai inaugurar uma rádio comunitária que será transmitida em frequência modulada, a partir de 2 de março (NOTA DO SITE: Lançamento foi adiado). A União dos Moradores de Paraisópolis recebeu a concessão pública para explorar o sinal nos próximos 10 anos e criou um conselho com integrantes da comunidade para controlar a programação. Os apresentadores, repórteres e demais profissionais serão todos moradores da Paraisópolis, conforme informou Gilson Rodrigues, que dirige a entidade. Ele ressaltou que na própria favela são desenvolvidos cursos técnicos para preparação desses profissionais.
A rádio será coordenada pelo Joildo Santos, diretor de comunicação da União dos Moradores e por um grupo de jovens comunicadores. Joildo, aliás, é um dos integrantes do Adote um Vereador, ideia que incentiva o cidadão a acompanhar o trabalho na Câmara Municipal de São Paulo.
A Nova Paraisópolis FM funcionará na frequência 87.5.
A emissora faz parte de um plano de comunicação desenvolvido pela comunidade que inclui um jornal e o site www.paraisopolis.org e o jornal Paraisópolis. Em breve os moradores pretendem lançar ainda uma revista.

Publicado no blog do Milton Jung

Joildo Santos

3 comentários sobre “Paraisópolis terá rádio comunitária

  1. Quero parabenizá-los por organizar este grande veiculo de comunicação : a rádio. Considero que só foi possível, pois deve ter havido o envolvimento de muitos e tenho certeza que com a rádio no ar muitos serão os ouvintes, que se reverterá numa comunidade mais organizada. Fico, como educadora, hiper feliz de saber que a formação de locutores, é local.
    Denise Pattini

  2. Fasso parte do grupo de comunição do espaço BM&F BOVESPA e gostaria de participar e fazer parte da capacitação de pessoas para a rádio como fasso para participa?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.