Cratera em Paraisópolis desabriga 8 famílias, e compromete estrutura de outras 32 casas

Cratera em Paraisópolis desabriga 8 famílias, e compromete estrutura de outras 32 casas

Publicado no Jornal Espaço do Povo – Paraisópolis

A defesa civil interditou 8 casas e as famílias enfrentam o desafio de encontrar um local para morar
20120328_175250De acordo os moradores das casas atingidas pela cratera na rua Dr Flávio Américo Maurano com a Ernest Renan, em Paraisópolis, já há tempo as rachaduras nas paredes de suas residências davam sinais de que a estrutura dos imóveis estava comprometida. Mas foi no último final de semana que a situação se agravou.
O responsável pela interdição das 8 casas que serão demolidas de imediato, Davi Monteiro, da defesa civil, afirmou que, a cratera é o resultado da obstrução do Corrego Antonico por uma casa que está em cima do seu curso e e se afundou, com isso a água começou a corroer as laterais do solo, atingindo a estrutura de 40 casas no local; mas segundo os assistentes sociais, apenas os moradores dessas 8 residências que tiveram a estrutura completamente danificada serão beneficiados com o aluguel social, que tem data prevista para sair até segunda – feira (02 de Abril). As demais famílias das outras 32 foram apenas cadastradas.
20120328_134500“Esta região seria alvo de obras que estão previstas no Programa de Urbanização de Paraisópolis, agora com essas demolições, sua intervenção e o atendimento adequado aos moradores se mostra necessária imediatamente” disse Gilson Rodrigues, presidente da União dos Moradores e do Comercio de Paraisopolis.
Com um bebê de 3 meses no colo, a moradora de uma das casas interditadas, Noélia Belarmina, olhava a situação apreensiva, segundo ela o maior problema é o fato de não haver em Paraisópolis casas para alugar, além disso, não houve tempo necessário para encontrar o novo endereço para morar com seus quatro filhos. A solução encontrada foi a de aceitar a garagem cedida por uma amiga. “Ainda nem vi sinal de aluguel social”, desabafou Cléo da Silva, outra moradora que também precisou deixar a sua casa.
 
20120328_134612

Joildo Santos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.