Obras do Metrô que vai passar em Paraisópolis iniciam nova fase

O governador Geraldo Alckmin participa da instalação da 1° viga do monotrilho da Linha 17-Ouro.
Foto: Sergio Andrade/Governo SP

Do Portal do Governo do Estado com Redação Espaço do Povo.
Foi instalada primeira viga-guia de concreto no monotrilho da Linha 17-Ouro por onde correrão os trens
A construção da linha do Metrô que vai passar pelo Aeroporto de Congonhas e logo mais em Paraisópolis, na zona sul da capital, deu um importante passo neste sábado, 25. O Governo do Estado iniciou uma nova fase da obra do monotrilho da Linha 17-Ouro com a instalação da primeira viga-guia de concreto, uma espécie de trilho por onde passarão os trens, na avenida Jornalista Roberto Marinho, entre a rua Princesa Isabel e o viaduto Vereador José Diniz.
“Esta obra determina um novo modal na área de transporte. É um fato histórico, porque o Estado de São Paulo nunca teve um monotrilho”, afirmou o governador Geraldo Alckmin. “O monotrilho é feito de pneu, ou seja, não há barulho e não produz poluição por ser elétrico.”
A Linha 17-Ouro tem investimento de cerca de R$ 4,8 bilhões e vai ligar o Jabaquara, na zona sul, à futura estação São Paulo-Morumbi, da Linha 4-Amarela do Metrô, passando pelo Aeroporto de Congonhas. Além disso, terá interligação ainda com a Linha 1-Azul, com a Linha 5-Lilás, do Metrô, e com a Linha 9-Esmeralda da CPTM. A expectativa é que transporte mais de 417 mil passageiros por dia.
O governador Geraldo Alckmin participa da instalação da 1° viga do monotrilho da Linha 17-Ouro.
Foto: Sergio Andrade/Governo SP

“Na primeira fase, entregaremos oito estações. Os trens já estão sendo construídos e, neste ano, serão entregues 24 trens, cada um com três carros. Fazendo a soma final, são 72 carros zero quilômetro”, disse Alckmin. Estas primeiras oito estações serão Jardim Aeroporto, Congonhas, Brooklin Paulista, Vereador José Diniz, Campo Belo, Vila Cordeiro, Chucri Zaidan e Morumbi. O trecho possuirá 7,7 km de extensão e deve ser concluído no segundo semestre de 2014.
O trecho 2 , que vai ligar o Panamby à estação São Paulo-Morumbi, terá 6,4 km de extensão e cinco estações: Panamby, Paraisópolis, Américo Mourano, Estádio do Morumbi e São Paulo-Morumbi.
O último trecho, com 3,5 km de extensão, terá cinco estações: Jabaquara, Hospital Sabóia, Cidade Leonor, Vila Babilônia e Vila Paulista.

[nggallery id=45]

Joildo Santos

5 comentários sobre “Obras do Metrô que vai passar em Paraisópolis iniciam nova fase

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.