Museu da Imagem e do Som inaugura mega exposição de Alfred Hitchcock nesta sexta-feira 13

Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo, inaugura nesta sexta-feira 13 a megaexposição Hitchcock – Bastidores do Suspense, que dá ao visitante a oportunidade de explorar de forma interativa a extensa e aclamada obra do cineasta britânico Alfred Hitchcock (1899-1980), considerado o mestre do suspense. Com curadoria do cineasta e ex-diretor do MIS André Sturm, a mostra é a primeira dedicada a um artista internacional com concepção e desenvolvimento feitos inteiramente pela instituição no Brasil.

A exposição ocupa os dois andares do MIS. Pelos corredores, o visitante se depara com farto material e informações que compõem e explicam o universo cinematográfico de Hitchcock, incluindo fotografias, documentos e materiais de divulgação de seus filmes. Filmes clássicos como Intriga Internacional (1959) e Pássaros (1963) têm espaços próprios, com ambientação visual e sonora que deixam o público em constante estado de alerta.

Além de material diretamente ligado ao autor de thrillers perturbadores, Hitchcock – Bastidores do Suspense exibe também elementos que tangenciam a obra do cineasta. Nesse contexto está uma série de roupas e desenhos de figurinos assinados pela estilista Edith Head, vencedora de 8 estatuetas do Oscar de Melhor Figurino. Ela foi responsável por vestidos e trajes icônicos usados por grandes atrizes que estrelaram filmes de Hitchcock, incluindo Grace Kelly, Kim Novak e Edith Atwar.

Ao final da exposição, o visitante tem uma surpresa. Há duas formas de encerrar o percurso: sair tranquilamente pelas escadas ou enfrentar um desafio cheio de tensão pelos corredores do Bates Motel – uma reprodução do cenário onde ocorre o prólogo de Psicose(1960). Do lado de fora do MIS, há ainda uma cabine onde o visitante pode posar para uma foto que reproduz a famosa cena do chuveiro – também de Psicose – e levá-la impressa para casa na sequência.

Nesta sexta-feira 13, Hitchcock – Bastidores do Suspense contará com uma virada durante a madrugada. Ou seja, o público poderá visitar a megaexposição desde as 10h de sexta (13) até 21h de sábado (14). Os valores variam entre R$ 6 (meia-entrada) e R$ 12 (inteira). Crianças menores de 5 anos não pagam entrada.

Em paralelo à exposição, o MIS-SP promete uma extensa programação focada na vida e obra de Alfred Hitchcock. Entre as atrações previstas estão mostras de cinema, lançamento de livro, curso, palestras, além de edições especiais de eventos que ocorrem regularmente no museu, como o Cinematographo e a Maratona Infantil. Todos os detalhes estão disponíveis no site da instituição.

Hitchcock – Bastidores do Suspense fica em cartaz no MIS-SP até 21 de outubro.

Joildo Santos