Paraisópolis integra programação do Antídoto − Seminário Internacional de Ações Culturais em Zonas de Conflito

antidoto O poder transformador de alguns projetos culturais frente aos diversos tipos de violência − social, étnica ou religiosa − é o mote do Antídoto − Seminário Internacional de Ações Culturais em Zonas de Conflito, produzido pelo Itaú Cultural em parceria com o Grupo Cultural AfroReggae, do Rio de Janeiro. Em sua quarta edição, o evento promove lançamento de documentários, espetáculos teatrais, shows e debates, que contam com convidados do Afeganistão, do Brasil, do Canadá, do Líbano, da Nigéria, da Palestina e do Sudão.
Paraisópolis
No último final de semana de junho, o Antídoto abre espaço para as iniciativas culturais e educativas da comunidade de Paraisópolis, da zona sul de São Paulo.
Estevão Conceição
Os espetáculos musicais que integram a programação contam com cenografia de Estevão da Silva Conceição, o Gaudí de Paraisópolis: pedreiro e jardineiro que construiu na comunidade, durante 17 anos, o que chama de “Jardins Suspensos” (estrutura de 75 metros quadrados por 8 metros de altura que combina cimento, ferro e pedras com pedaços de garrafa, copo, pires, xícara, rádio, telefone etc.). Em 2001, a convite do Centro de Estudos Gaudinistas – organização espanhola sem fins lucrativos dedicada a Antoni Gaudí (1852-1926) –, o artista visitou Barcelona, onde pôde conhecer de perto a obra do arquiteto catalão.
biker1
Berbela, outra personalidade de Paraisópolis, também marca presença no fim de semana. O mecânico, que lança mão de peças de reciclagem para criar bicicletas – equipadas com lâmpadas, vários tipos de buzina, rádio, monitores para DVD etc. –, vai utilizar o saguão do Itaú Cultural para estacionar, em alto estilo, seu veículo.
sábado 27 de junho

15h apresentação do Programa Escola do Povo
com Gilson Rodrigues
Gilson Rodrigues

Criado em 2007 pela União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis, o Programa Escola do Povo tem como objetivo erradicar o analfabetismo de adolescentes e adultos da comunidade. A iniciativa promove o acesso dos participantes à cultura e trabalha conceitos de cidadania e participação social.

Gilson Rodrigues é presidente da União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis.

Sala Vermelha – 75 lugares

……….

20h show com Nego Usan, Trio Ceará, Grupo Doce Presença e Coral Vivendo com Arte

Nego Usan aborda o cotidiano da cidade de São Paulo em suas composições. Ex-integrante do Grupo Corporação Palmares, utiliza a música para ampliar o acesso da comunidade a informações relativas à política, à educação e à cultura.

O Trio Ceará executa o autêntico forró pé de serra. Fundado por Zé Ceará (sanfona e voz), morador de Paraisópolis há mais de 25 anos, o grupo é formado ainda por Damião (triângulo) e Zito (zabumba).

O Grupo Doce Presença, formado por Reginaldo (voz), Théo (percussão), Tom (violão) e Vanio (pandeiro), faz uma mistura de partido-alto, samba-pop e suingue. Já abriu shows para conjuntos como Katinguelê, Sampa Crew, Pedindo Bis e Pixote, entre outros.

Coral Vivendo com Arte

O Coral Vivendo com Arte trabalha com repertório de música brasileira e realiza atividades artísticas, educacionais e esportivas com cerca de 90 crianças de Paraisópolis e Jardim Colombo.

domingo 28 de junho

20h show com Banda Sinfônica Eszterháza, Barracão dos Sonhos e Coral Vivendo com Arte

A Banda Sinfônica Eszterháza é composta de 60 jovens, com idade entre 9 e 16 anos, das comunidades de Paraisópolis e Vila Morse. Criado em 2005, o conjunto foi idealizado por Elisabeth Peissner Sertório, do Colégio Santo Américo.

Barracão dos Sonhos

O Barracão dos Sonhos, criado em 1999 por Dinho Rodrigues, desenvolve um trabalho permanente, por meio da música, destinado principalmente às crianças e aos adolescentes de Paraisópolis. Formado por músicos amadores e profissionais – e artistas de outras áreas –, lançou em 2007 o CD Batucando no Barracão.

Sala Itaú Cultural – 247 lugares

[ingresso distribuído com meia hora de antecedência]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.