Programa de urbanização de Paraisópolis será destaque na próxima Bienal de Arquitetura de Roterdã

Projeto brasileiro foi considerado pela organização do evento como exemplo na busca de melhor qualidade de vida nas grandes metrópoles
Por Ana Paula Rocha
O programa de urbanização da favela Paraisópolis, em São Paulo, será uma das atrações da 4ª Bienal Internacional de Arquitetura de Roterdã, na Holanda. A mostra tem como tema principal “Cidade Aberta – Desenhando a Coexistência” e vai apresentar intervenções urbanísticas que são exemplos na busca de melhor qualidade de vida nas grandes metrópoles.
O projeto elaborado pela prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Habitação, prevê a implantação de infraestrutura, serviços públicos e unidades habitacionais para o desenvolvimento sustentável do complexo composto por Paraisópolis, Jardim Colombo e Porto Seguro. No total, serão cerca de 60 mil habitantes beneficiados.
As intervenções, estimadas em R$ 2 bilhões, foram propostas por seis equipes nacionais e internacionais de arquitetura: Ciro Pirondi em parceria com Ruben Otero e Anália Amorim; MMBB com consultoria de Harvard; Suzel Maciel e Marcos Boldarini; Urban Think Tank; Chrstian Kerez; e Elemental. Entre as mudanças previstas, estão a instalação de sistemas de captação de energia solar e de água de chuva, a canalização do córrego Antonico, a revitalização da área de risco do Grotão, além da construção da Avenida Perimetral, ciclovias e áreas de lazer, entre outros.

i120488
Área de risco do Grotão, que poderia deslizar, foi toda revitalizada e ganhou áreas de lazer

As obras na favela de Paraisópolis começaram em 2008 e poderão ser vistas na seção Squat da mostra principal do evento. No próximo dia 10 de junho a delegação da bienal vai se reunir em São Paulo com representantes da equipe brasileira envolvida no projeto para acertar mais detalhes da exposição. A 4ª Bienal Internacional de Arquitetura de Roterdã acontece entre os dias 24 de setembro deste ano a 10 de janeiro de 2010.

Casas próximas a escadaria do Antonico tiveram suas fachadas reformadas
Casas próximas a escadaria do Antonico tiveram suas fachadas reformadas

PINIweb.com.br

Joildo Santos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.